Exames

Exames

ECODOPPLER DE CARÓTIDAS: É um exame que utiliza os ultrassons para estudar, em tempo real, a anatomia e circulação nas artérias carótidas (que fornecem sangue para o cérebro).Destina-se ao estudo do estado da parede arterial (pesquisa de estenoses por placas de aterosclerose), mas também avaliação do fluxo de sangue nas artérias carótidas e vertebrais, auxiliando no diagnóstico de doença aterosclerótica, aneurismas, angulações, dissecções, arterites e outras doencas que podem acometer as artérias carótidas.

ECOCARDIOGRAMA TRANSTORACICO: É uma técnica não invasiva, baseada na aplicação de ultrassons para o estudo da anatomia e função do coração. Por meio de equipamentos de ultrassons (ecocardiógrafos) e com a utilização de “sondas” (transdutores), que são encostadas no tórax, é possível visualizar as cavidades cardíacas, as estruturas valvulares e os fluxos do sangue no interior do coração. Esta tecnologia permite de forma simples e direta detectar e caracterizar as eventuais alterações cardiovasculares, para ajudar a decidir a melhor e mais adequada forma de tratamento.

PROVA DE FUNÇÃO PULMONAR OU ESPIROMETRIA: É um exame que avalia a capacidade respiratória do paciente para auxiliar no diagnóstico de doença pulmonar. A espirometria permite o registro de vários volumes e dos fluxos de ar. O exame é realizado respirando-se pela boca através de um tubo conectado a um aparelho chamado espiromêtro, que é capaz de registrar o volume e a velocidade do ar respirado. Este exame é indicado para avaliar a capacidade pulmonar do paciente. Muito utilizado em pré-operatórios e por pessoas que estejam investigando possíveis problemas pulmonares ou queixas respiratórias.

MAPA: Exame que permite o registro automático de várias medidas de pressão arterial durante um período de 24 horas (a cada 20 minutos durante o dia e a cada 30 minutos no período da noite), avaliando as atividades de vigília e no período do sono .É indicado para estudar o padrão normal de pressão arterial, diagnosticar alterações do comportamento da pressão, as lesões em órgãos-alvo decorrentes da hipertensão, o prognóstico de eventos cardiovasculares e a análise da eficácia das drogas anti-hipertensivas. Também permite identificar a chamada hipertensão de consultório (hipertensão do avental branco.

ECG HOLTER 24h: É um monitor portátil que registra a atividade elétrica do coração e suas variações durante as 24 horas do dia ou mais. Assim, detecta alterações que, em geral, não aparecem num exame de tempo mais limitado, como num eletrocardiograma simples, por exemplo. O Holter é um eletrocardiograma gravado para ser lido posteriormente. É muito utilizado para diagnosticar alterações nos batimentos cardíacos, nas síncopes ou outras alterações paroxísticas, que muitas vezes não ocorrem durante uma consulta médica. Assim, ele é indicado para pacientes com arritmias cardíacas, palpitações ou perda de consciência. Utiliza-se também para monitorar o coração depois de um infarto do miocárdio ou de uma cirurgia cardíaca. Os portadores de marcapasso e de desfibriladores têm esses aparelhos ajustados e programados a partir de informações do Holter

TESTE ERGOMÉTRICO: Também é conhecido como eletrocardiograma de esforço, é possível identificar pontos de diminuição no calibre das artérias coronárias (isquemia miocárdica), medir o fôlego do paciente, traçar sua capacidade aeróbica, identificar arritmias, estudar o comportamento da pressão arterial e verificar a eficácia dos medicamentos para isquemia , arritmias e hipertensão. É indicado para identificar alterações isquêmicas ou arritmias durante o esforço físico.

DOPLLER ARTERIAL DE MM SUPERIORES OU INFERIORES: É um exame que utiliza ultrassom para examinar o fluxo de artérias maiores dos membros inferiores e/ou superiores com formação de imagens em cores. Auxilia no rastreamento de doença isquêmica periférica, no planejamento cirúrgico e no controle de tratamento de afecções arteriais de membro inferior e/ ou superior.
É indicado para diagnosticar e quantificar o processo de aterosclerose (formação de placas de gordura na parede das artérias, causando um estreitamento das mesmas). Indicado para pacientes hipertensos, diabéticos e tabagistas, muitas vezes cursam com ateromatose e/ou obstrução das artérias dos membros inferiores, apresentando dor na panturrilha ao caminhar. Este exame é de grande importância nestes subgrupos de pacientes.

DOPPLER VENOSO DE MEMBROS SUPERIORES E INFERIORES: É um exame não invasivo que utiliza ultrassons, de modo a adquirir informações sobre a anatomia, fisilogia e patologia do sistema venoso superficial e profundo dos membros inferiores e superiores (pernas e braços).É indicado quando o médico precisa investigar a presença de trombos ( coágulos recentes ou antigos ), o diâmetro das paredes das veias e estreitamento dos vasos. Para os membros inferiores é indicado principalmente para o estudo de duas patologias distintas, a insuficiência venosa ( varizes )superficial e/ou profunda e a trombose venosa, também superficial e/ou profunda.

ELETROCARDIOGRAMA: É um dos exames mais comuns da prática cardiológica. É um exame que mede a atividade elétrica emitida pelas células do coração. Assim, podemos ter noção da atividade das células cardíacas. Por exemplo, um coração acometido por infarto tem uma região onde as células musculares estão inativas; logo, nesta região não haverá atividade elétrica, o que pode ser detectado pelo exame. O exame pode detectar arritmias, aumento de cavidades cardíacas, patologias coronarianas, infarto do miocárdio, entre outros diagnósticos.